Reclusos da prisão de Ponta Delgada escavaram túnel que ficou a apenas 20 centímetros da rua

Poucos meses após uma tentativa de fuga ter sido detectada a tempo pelos guardas prisionais, a história voltou a repetir-se durante esta Quarta-Feira no Estabelecimento Prisional de Ponta Delgada. A ocorrência teve lugar precisamente no mesmo dia em que a cadeia, a mais antiga do país, tinha recebido a visita da Ministra da Justiça, Catarina Sarmento e Castro.   
Em declarações à Antena 1 Açores, o Delegado do Sindicato Nacional do Corpo de Guardas Prisionais explicou como foi travada esta tentativa de fuga: “Fomos alertados, por vizinhos, sobre barulhos vindos do interior do Estabelecimento Prisional durante a noite. É numa zona em que se calhar seria mais fácil ouvir do local onde os vizinhos se encontram do que do interior do próprio Estabelecimento Prisional”, começou por referir Ivo Garcia.
O Guarda Prisional adiantou igualmente que o buraco escavado pelos reclusos já tinha “medidas significativas”.
“Estamos a falar de um buraco já com 1 metro de altura, com uma largura de 60 centímetros e com uma profundidade de 80 centímetros, ou seja, faltavam apenas 20 centímetros para se concluir a abertura deste buraco “, destacou.
Esta tentativa de fuga teve como proveniência exactamente o mesmo local onde, há apenas uns meses atrás, um grupo de reclusos tinha tentado executar a fuga do Estabelecimento Prisional.
“Aquilo é um corredor que foi transformado em zona prisional e que neste momento tem lá 33 reclusos”, conta Ivo Garcia antes de revelar que a insegurança deste local já tinha sido denunciada anteriormente pelosguardas prisionais da também conhecida como cadeia da Boa Nova.
“Nós, Sindicato, andamos há vários anos a alertar para a insegurança daquela zona (…) é uma zona onde raramente temos acesso porque serve de armazém e a única coisa que visualizamos são as camas, os cacifos, todo o material que lá está. Eles (reclusos) tiveram acesso àquele quarto durante a noite, porque conseguiram abrir a porta, e iam fazendo o serviço durante a noite”, revelou.
Ivo Garcia confirmou igualmente à Antena 1 Açores que este buraco tinha ligação directa para a rua e situava-se “praticamente abaixo do outro” escavado há uns meses atrás.
O Estabelecimento Prisional de Ponta Delgada, com capacidade para albergar 141 reclusos, tem neste momento 158 homens detidos.                                 

 

Print

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker