É proprietátia da Foreva de Ponta Delgada na Rua Manuel da Ponte

Raquel Carvalho do Marketing no Canadá para o comércio tradiconal em Ponta Delgada

Foreva é uma marca de calçado 100% Portuguesa, orgulhando-se de fazer parte da construção e crescimento de um sector de actividade em franca expansão, com cada vez maior reconhecimento mundial.
Em Portugal está no Norte, Centro, Sul e nas Ilhas, sendo que nos Açores está em Ponta Delgada, mais concretamente na Rua Manuel da Ponte, n.º 33, na antiga Feira da Juventude, onde mais recentemente também já funcionou o Mercadinho do Natal, da responsabilidade da Câmara Municipal de Ponta Delgada.
A responsável pelo franchising da Foreva é Raquel Carvalho, de 33 anos de idade, que é empresária em nome individual desde o passado mês de Abril.

De Vancouver para Ponta Delgada

A nossa interlocutora regressou a São Miguel em 2020, depois de ter estado quatro anos em Vancouver, na importante cidade no oeste do Canadá na região de Lower Mainland, na Colúmbia Britânica.
No Canadá trabalhou na área de marketing, porque cá estudou relações públicas e comunicação. Saiu dos Açores em 2016 para tentar a sua sorte no Canadá, e depois de ter colaborado em diversos sectores no mesmo ramo, o seu último trabalho foi na área da publicidade, marketing e vendas.
“Foi uma experiência enriquecedora a todos os níveis, já que tive a oportunidade de vivenciar uma cultura diferente”, começou por dizer à nossa reportagem, acrescentando que “sentia sempre muito a falta da família e do mar, porque lá, apesar da natureza também ser fantástica, não podia abrir a janela e ver o mar, e muito menos ir à praia”.  Para além do mais, “faltava sempre aquela vizinha que vem ter connosco para conversar e como o ritmo de vida é muito acelerado, quase que não tínhamos tempo sequer para conversar seja com quem for, salvo raras excepções”.
Regressa a São Miguel em 2020 e começa a tirar o Mestrado em Estudos sobre as Mulheres que, desenvolve-se no contexto de formação especializada na área das Ciências Sociais, estando vocacionado para actividades profissionais de investigação teórica e aplicada no domínio dos estudos de género, feministas e das mulheres.
No entanto, com uma filha menor de idade, interrompe a formação, porque apercebe-se que não podia continuar a fazer quatro disciplinas por dia e dar a atenção necessária à filha.
Mesmo assim não para e tira um curso de auxiliar de veterinário on-line, onde acaba por estagiar numa clínica veterinária em Ponta Delgada.
Franchising da Foreva

Não ignorando a possibilidade de mudar, aspirando ainda mais, porque ao fim e ao cabo já tinha a licenciatura e já tinha tentado tirar um mestrado, aparece-lhe a oportunidade de poder ficar com o franchising da Foreva, porque a antiga proprietária queria deixar o negócio a alguém que estivesse interessado em continuar a oferecer aos seus clientes uma vasta gama de calçado e, mais recentemente, também de acessórios, tendo em conta sempre a relação qualidade/preço.
Depois de muito planear, avaliando de igual forma os riscos, devido ao investimento que deveria ser feito em relação ao aluguer do espaço, Raquel Carvalho decidiu avançar para esta forma de negócio de colaboração empresarial.
Por intermédio de alguém chegaram à nossa entrevistada, ao que se seguiram as normais conversações com os responsáveis pelo franchising da Foreva. Com tudo acertado, no dia 8 de Abril, Raquel Carvalho conseguiu abrir a loja, continuando assim um negócio que já existia há 20 anos em Ponta Delgada, agora com nova responsável.
No momento, na Foreva em Ponta Delgada, Raquel Carvalho é o único rosto deste franchising, condição que até não lhe desagrada. “Gosto muito de falar com pessoas, então estou aqui para elas e só para elas.”

Diversas marcas de sapatos

A Foreva de Ponta Delgada vende uma variedade de marcas de sapatos para mulher e homem, entre elas, a Foreva, Softinos, Fly London, Hispanitas, Sofia Costa, Jose Saenz, Cristina Ferreira ou As Portuguesas.
Por exemplo, a Softinos nasceu com a missão de tornar o mundo do calçado num lugar mais suave. Os sapatos Softinos são simples e minimalistas, construídos com os melhores e mais suaves materiais. 
Os calçados Foreva são confortáveis e práticos, assim como os sapatos Sofia Costa, que são impressos através de pesquisas de tendências, examinando modelos e cores e criando quadros de humor inspiradores, onde as técnicas inovadoras de fabricação são testadas para serem utilizadas enriquecendo o produto acabado.
Raquel Carvalho atirou-se para esta nova etapa na sua vida com o objectivo de “poder pagar a renda, as despesas e conseguir tirar o seu ordenado”, metas que tem alcançado “com maior ou menor dificuldade”, valida.
Durante a semana, a Foreva de Ponta Delgada abre às 10h00 e fecha às 18h30, e aos sábados, das 10h00 às 14h00. 

Marco Sousa
 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker