“Conseguimos desvendar o mistério e descrever a relação entre os tubarões-baleia e os atuns”, garante investigador açoriano “Conseguimos desvendar o mistério e  descrever a relação entre os tubarões-baleia  e os atuns”, garante investigador açoriano

“Conseguimos desvendar o mistério e descrever a relação entre os tubarões-baleia e os atuns”, garante investigador açoriano

Jorge Fontes, o Investigador da Universidade dos Açores que participou no documentário A Ilha dos Gigantes,  revela que “o principal resultado do estudo prende-se com a evidência encontrada de que os tubarões-baleia  migram em conjunto com os atuns, pois utilizam os atuns para se conseguirem alimentar de peixe (…)” e afirma que o documentário teve grande impacto no tecido económico de Santa Maria e dos Açores em geral, acabando por “ter um efeito de contágio a toda a Região”, que “contribui para afirmar os Açores como destino de natureza, de...

“O meu sonho é concluir os estudos com sucesso, dar aulas de violino e trabalhar numa orquestra e coro”, diz a violinista Júlia Nunes

A entrevistada de hoje do Correio dos Açores é Júlia Nunes, uma talentosa jovem música, que iniciou os seus estudos aos quatro anos na classe de piano, com a professora Svetlana Kosheleva, e no...

Empresário açoriano “de cultura africana” tem empresa de biotecnologia no Brasil e está a passar férias em São Miguel

Os pais foram de São Miguel trabalhar para a Base das Lajes

Herculano Anjos é filho de pais micaelenses, nasceu na Terceira, cresceu em Moçambique (onde viveu 16 anos) e hoje, com 67 anos, é proprietário de uma empresa de biotecnologia em São Paulo, no...
First34568101112Last
Todas as capas
4 outubro 2022
Grafica Livros

Editorial

Maria Corisca

  • 2 outubro 2022
  • Autor: CA
  • 25 setembro 2022
  • Autor: CA
  • 18 setembro 2022
  • Autor: CA

Opinião

Opinião

Da cartilha escolar… ao digital! - uma  travessia de sonhos e de esperanças…

O Professor Rubens Pavão, com os seus dez anos de ensino no tempo do aluno e pé descalço em que a bata “tornava todos iguais”, acedeu ao desafio do Correio dos Açores de traçar um perfil intergeracional passando pelos anos 50, 60 e 70 até à actualidade, que expressa, com uma sensibilidade muito apurada, no título do seu texto “Da cartilha escolar... ao digital - a travessia de sonhos e esperanças...” de centenas e centenas de alunos que o recordam como um exemplo de vida, na sua forma de ser e de estar, que muitos seguiram até à actualidade. 

  • 2 outubro 2022
  • Autor: CA