“Espero que a minha banda continue a  crescer e a chegar a palcos cada vez maiores” Ler mais

“Espero que a minha banda continue a crescer e a chegar a palcos cada vez maiores”

Quando fez 14 anos de idade, o pai de Gualter Couto ofereceu-lhe uma bateria, pois desde muito cedo ficava fascinado com a espectacularidade de bandas como Metallica e Iron Maiden, que despertaram o seu interesse e logo quis aprender esse instrumento para poder ter a sua própria banda. Hoje é um membro destacado da banda inglesa Flight of Eden, que o ano passado veio aos Açores e fez furor no Festival Monte Verde. Actualmente, vive em Reading, no Reino Unido e considera que as redes sociais têm tido uma grande importância na sua carreira, onde criou o seu vídeo portfólio no YouTube que lhe tem aberto outras portas, conseguindo chegar ao seu público-alvo e criar contactos, tendo, por isso, uma exposição e liberdade muito grandes. Nesta entrevista, fala-nos da sua integração na sociedade inglesa, da sua música e revela-nos que o novo álbum dos Flight of Eden será lançado até ao mês de Março, seguindo-se um tour pela Inglaterra, em conjunto com uma banda de maior renome e um forte “PR media promotion” para a sua divulgação.

O “Depósito de Concentrados Alemães na ilha Terceira (1916-1919)” em Peniche e na Lousã… Ler mais

O “Depósito de Concentrados Alemães na ilha Terceira (1916-1919)” em Peniche e na Lousã…

Numa passagem relâmpago pelo continente, Sérgio Rezendes foi convidado pelo Ministério da Cultura, por intermédio do Museu Nacional da Liberdade e Resistência, e pelas câmaras municipais de Peniche e da Lousã, a apresentar a sua obra sobre o campo de prisioneiros alemães nos Açores, na I Guerra Mundial. A emblemática fortaleza de Peniche teve assim ontem, os Açores em grande destaque visto ser a zona do antigo império, e do país, onde melhor se conhece esta temática. A Câmara Municipal da Lousã procurou, neste convite, o resgate de notáveis da terra ao aprofundar-se esta fase da vida de Álvaro Viana de Lemos, antigo comandante da diligência que trouxe a Angra do Heroísmo os primeiros prisioneiros de Lisboa e Porto, numa missão supostamente rápida. Assim não foi, como os seus conterrâneos ficaram a saber na Biblioteca Municipal Comendador Montenegro. Acompanhado pelo editor da Caleidoscópio, Sérgio Rezendes realizou um rápido périplo dando a conhecer uma realidade muito específica do arquipélago, e que de forma genérica e parcial, se dá também a conhecer aos nossos leitores.

Bensaude oferece equipamento único no país a bombeiros dos Açores Ler mais

Bensaude oferece equipamento único no país a bombeiros dos Açores

No primeiro evento de celebração dos 200 anos do maior grupo empresarial dos Açores, as Associações Humanitárias dos Bombeiros Voluntários de todo o arquipélago foram homenageadas. Todas as Corporações de Bombeiros, nomeadamente dezassete, marcaram presença numa cerimónia em que o Grupo Bensaude ofereceu a cada um “um equipamento de ponta e inovador” na Região.
 

Theme picker