“Ao sair das ilhas não as deixei para trás...” Ler mais

“Ao sair das ilhas não as deixei para trás...”

 “Quando fui para Coimbra, aos 22 anos, já tinha um percurso literário de meia dúzia de anos nos jornais de Ponta Delgada e tinha estabelecido algumas relações com escritores e poetas portugueses, um ou outro já com nome feito, e mesmo consagrado na História, como o poeta Afonso Duarte, um dos fundadores do grupo saudosista da Renascença Portuguesa. Mas, ao sair das ilhas não as deixei para trás…”

Organizações Diogo exportam 800 peles de vaca por mês e tiveram as maiores quebras em Janeiro Ler mais

Organizações Diogo exportam 800 peles de vaca por mês e tiveram as maiores quebras em Janeiro

Se há caso em que o termo empresa familiar se justifica este é claramente um bom exemplo. Nascida há mais de 50 anos pelas mãos de Odília e Miguel Diogo, este negócio foi crescendo e actualmente tem como sócios os 9 filhos do casal. Délia Diogo, uma das filhas, é a sócia-gerente das Organizações Diogo, que dividem o seu negócio pelo comércio de carne e pela exportação de peles. Nesta entrevista, conta um pouco da história e como têm sido vividos os últimos meses desta empresa localizada no centro da cidade da Ribeira Grande.      

Americana Kim Howard faz da sua quinta um paraíso para cavalos abandonados no Faial Ler mais

Americana Kim Howard faz da sua quinta um paraíso para cavalos abandonados no Faial

Ninovan é o nome da organização sem fins lucrativos iniciada por Kim Howard, uma norte-americana que se apaixonou pela ilha do Faial em 2010, quando se mudou de forma definitiva para os Açores. Mais tarde, quando encontrou Mocca pela primeira vez, abriria portas para mudar o rumo da sua vida, a qual hoje dedica em grande parte à recolha e à reabilitação de cavalos - e burros - na ilha azul, tendo em conta que também nesta ilha se sente a problemática do abandono destes animais.

Theme picker