“É verdade que recebemos apoios  e se não fossem esses apoios já  teríamos fechado a porta” Ler mais

“É verdade que recebemos apoios e se não fossem esses apoios já teríamos fechado a porta”

A Cooperativa Leite Montanha, sucessora na ilha do Pico, da Lactopico, tem uma capacidade de produção que poderá atingir os 16 mil litros diários de leite. Nesta entrevista, o seu Presidente, Jorge Pereira, revela os planos que a Cooperativa tem para o futuro e comenta também as recentes critícas lançadas à instituição pelo proprietário de uma queijaria artesanal da ilha do Pico. 

Jovem açoriano troca jornalismo pela música e prepara-se para lançar o primeiro álbum Ler mais

Jovem açoriano troca jornalismo pela música e prepara-se para lançar o primeiro álbum

Foi durante a licenciatura em Jornalismo, iniciada nos Açores e concluída em Coimbra, que Filipe Furtado percebeu que apenas se sentiria concretizado pessoal e profissionalmente se tentasse um futuro na música, ingressando assim num curso de jazz. Hoje, aos 28 anos de idade, concilia a sua paixão pela rádio com a música, e ainda com um emprego numa agência de marketing digital, preparando-se para lançar em breve o seu primeiro trabalho, “Prelúdio”, resultado do incentivo que lhe deu participar numa das edições do Tremor, em São Miguel, ilha de onde retirou muita da sua inspiração e onde gostaria de voltar a tocar para apresentar ao vivo o seu primeiro álbum.

Trabalhos artísticos de Bruno Sousa foram quase todos cancelados  por não haver festas na ilha devido ao novo coronavírus Ler mais

Trabalhos artísticos de Bruno Sousa foram quase todos cancelados por não haver festas na ilha devido ao novo coronavírus

Bruno Sousa é um perito em artes plásticas e escultura, cujos trabalhos são muito apreciados pela sua qualidade e perfeição estética, e a sua comercialização tem tido sucesso. Este vilafranquense despertou cedo para arte, começando com a construção dos pendões das marchas de S. João da Vila, sendo depois abordado por particulares com encomendas de peças de decoração para casamentos, baptizados ou babyshowers, e foi assim que começou a desenvolver o seu negócio. Neste momento, Bruno Sousa enveredou pela construção de mobiliário simples, nomeadamente secretárias, bancadas de trabalho e alguns restauros de móveis. No entanto, a peça que lhe deu maior satisfação, foi a criação de um medalhão em madeira para a decoração da fachada da igreja da sua freguesia de Água d` Alto, aquando das festividades religiosas do seu padroeiro, São Lázaro.

Theme picker

Revista Pub açorianissima