1.300 acidentes de viação provocaram quatro mortes, 47 feridos graves  e 251 feridos ligeiros nos Açores Ler mais

1.300 acidentes de viação provocaram quatro mortes, 47 feridos graves e 251 feridos ligeiros nos Açores

Nos primeiros seis meses deste ano há menos acidentes, menos de metade do número de mortes e uma diminuição significativa no número de feridos graves e ligeiros nas estradas dos Açores. O confinamento reteve por quase três meses muitos açorianos em casa e o número de turistas a circular nas estradas da Região foi residual. Menos pessoas a circular, menos carros na estrada e a sinistralidade diminuiu.

Indicador de Consumo Privado caiu 9,5% em Junho  em comparação ao mesmo mês de 2019 Ler mais

Indicador de Consumo Privado caiu 9,5% em Junho em comparação ao mesmo mês de 2019

Pela consulta que o ‘Correio dos Açores’ fez a alguns economistas açorianos, praticamente toda a actividade económica está em queda na Região, embora se assista a uma ligeira reanimação da construção civil (pág. 7).Caiu drasticamente a actividade das empresas de animação como consequência da quebra no turismo. Diminuiu o consumo e produtos agrícolas, de lacticínios e de pescado. O consumo de electricidade para uso doméstico e para as empresas diminuiu. O próprio consumo de combustíveis caiu. Os produtores de hortícolas e flores vivem dias amargos. Os taxistas deixam de ter um rendimento mensal suficiente. As próprias empresas de transportes públicos estão a sofrer um revés...

Theme picker

Revista Pub açorianissima