Segundo um estudo publicado pelo INE

Quase 30 por cento dos açorianos estiveram em teletrabalho na pandemia

 O Instituto Nacional de Estatística publicou recentemente o Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2020. Este é um inquérito anual com base numa amostra representativa dos agregados familiares residentes em Portugal.
Segundo o estudo, em 2020, 84,5% dos agregados familiares em Portugal têm ligação à internet em casa e 81,7% utilizam ligação através de banda larga, o que representa um aumento de 3,6 pontos percentuais em relação ao ano anterior. No comparativo por regiões, os Açores são a terceira região do país com mais agregados familiares com ligação à internet (87,8%) e ligação através de banda larga em casa (83,6%). Com valores superiores aos açorianos apenas a área metropolitana de Lisboa e a Região Autónoma da Madeira. 
O estudo indica também que dos inquiridos, 78,3% utilizou a internet nos 3 meses anteriores à entrevista. Neste âmbito e por regiões, a área metropolitana de Lisboa, Algarve e Madeira são as que apresentam maior percentagem (86,1%, 81,2% e 80% respectivamente). Os Açores ocupam o quarto lugar neste ranking com 78,2% dos entrevistados a admitirem ter utilizado a internet nos 3 meses anteriores à entrevista. 
Em 2020, a população dos 16 aos 74 anos que utilizou a internet nos 3 meses anteriores à entrevista fê-lo principalmente para comunicar e aceder a informação: 89,9% trocaram mensagens instantâneas (via Whatsapp, Messenger, etc.), 87,0% pesquisaram informação sobre produtos ou serviços, 86,8% enviaram ou receberam e-mails, 85,7% leram notícias e 80,2% participaram em redes sociais. No respeitante a actividades de entretenimento, o principal motivo para a utilização da internet continua, tal como em anos anteriores, a ser ouvir música. 
Este inquérito agora publicado apresenta também alguns dados relativamente à utilização da internet durante a pandemia de Covid-19. Nesta vertente o estudo refere que quase 30% dos entrevistados esteve em teletrabalho devido à pandemia COVID-19. Neste contexto, a percentagem de utilizadores de internet aumentou 3 pontos percentuais em relação ao período homólogo de 2019. 
Por regiões, o inquérito aponta os Açores como a segunda região do País com uma maior proporção de utilizadores de internet com emprego que utilizaram Tecnologias da informação e da Comunicação para exercer a sua profissão em casa no mês anterior à entrevista (28,8%). A média nacional situa-se nos 31,1% e a região com um valor mais elevado neste parâmetro volta a ser a área metropolitana de Lisboa com 43,2%.
No que diz respeito à utilização da internet para a realização de compras, Portugal, com 35,2%, mantém-se abaixo da média da União Europeia que se situa nos 49%. Analisando este item por regiões, a área metropolitana de Lisboa com 41,6% é a que apresenta a maior percentagem de pessoas a utilizaram comércio eletrónico. Nos Açores esse número é bem inferior e fixa-se, em 2020, nos 32,1%. 
Quanto à proporção de pessoas, dos 16 aos 74 anos, que utilizaram equipamentos ou sistemas conectados com a internet, a percentagem a nível nacional fixou-se nos 70,5%. Por regiões, os Açores apresentam um valor de 70,3%. A percentagem mais alta encontra-se de novo na área metropolitana de Lisboa (72,1%) e a mais baixa no Alentejo (61,8%).
A população dos 16 aos 74 anos que utilizou a internet nos 3 meses anteriores à entrevista fê-lo principalmente para comunicar e aceder a informação, mas foram sobretudo as actividades relacionadas com aprendizagem as que registaram maior aumento em 2020. Assim mais do que duplicaram as proporções de utilizadores que comunicaram com professores ou colegas através de portais educativos (de 14,5% em 2019 para 30,8% em 2020) e que frequentaram cursos online (de 7,7% para 18,0%).     
As estimativas apresentadas foram obtidas a partir de uma amostra de 5.094 agregados domésticos com pelo menos uma pessoa com idade dos 16 aos 74 anos e igual número de pessoas nesse âmbito etário. Esta recolha de dados do inquérito decorreu entre os dias 21 de Abril e 31 de Agosto.   

                                                 

 Luís Lobão
 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima