Investimento de 2,6 milhões de euros

Lançada 1ª pedra do quartel de Bombeiros da Povoação

O Presidente do Governo presidiu à cerimónia que marcou o arranque das obras de construção do novo quartel de Bombeiros da Povoação, orçado em cerca de 2,6 milhões de euros e que se enquadra no ciclo de investimentos que o Executivo está a concretizar nesta área da Proteção Civil na Região.
Na cerimónia de lançamento da primeira pedra desta empreitada, que coincidiu com o Dia Mundial da Proteção Civil, Vasco Cordeiro adiantou que este ciclo de investimento em vários quartéis de bombeiros ascende, desde 2015, a cerca de sete milhões de euros.
Neste sentido, apontou os casos da remodelação e ampliação dos quartéis de Santa Maria e das Lajes das Flores, obras já concluídas, a empreitada que está a decorrer no quartel das Lajes do Pico, assim como a construção, que vai arrancar no segundo semestre deste ano, do quartel para os Bombeiros da Horta, investimento de cerca de 2,9 milhões de euros.
Na véspera da passagem dos 125 anos do Decreto de 2 de março de 1895, que consagrou o primeiro movimento autonomista, efeméride que fez questão de evocar, o Presidente do Governo destacou ainda a melhoria das condições de financiamento às associações de bombeiros voluntários da Região, que tem “permitido melhorar também a recompensa devida por este trabalho tão exigente e árduo desempenhado pelos bombeiros, com a decisão de aumentar o seu vencimento, num processo ainda sem paralelo a nível nacional”.
Desta forma, os 310 bombeiros assalariados dos Açores viram o seu vencimento crescer quase 13,5% em 2020, “um processo que deve continuar no futuro, no sentido de, aproximando-nos nós da conclusão da fase das infraestruturas, podermos centrar a nossa atenção na melhoria das condições de exercício dessa atividade”, anunciou Vasco Cordeiro.
O novo quartel dos Bombeiros Voluntários da Povoação vai garantir uma melhoria significativa na sua capacidade operacional e no seu grau de prontidão, condição que é essencial para uma resposta rápida e eficaz às solicitações de emergência que recebem.
Este avanço na capacidade operacional resulta de dois fatores, o primeiro dos quais que deriva do facto de os bombeiros da Povoação passarem a dispor de novas instalações criadas de raiz, com todas as condições operacionais e de conforto, mas também devido a uma nova localização que resolve, em definitivo, os constrangimentos a que está sujeito o atual quartel.
Será um edifício com mais espaço para formação e para realização de exercícios, bem como para albergar todas as viaturas deste corpo de bombeiros, dando também resposta ao novo quadro de valências que, com o passar do tempo, os bombeiros voluntários da Região foram assumindo.
No Dia Mundial da Proteção Civil, o Presidente do Governo dirigiu ainda uma saudação a todos os bombeiros dos Açores e a todos aqueles que, nos órgãos sociais das associações humanitárias, são, em muitas casos, a “diferença entre a vida e a morte, quantas vezes com o risco da sua própria vida ou integridade física”.
 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima